Peritos

Edison Barbieri é oceanógrafo com habilitação em oceanografia biológica e geológica, mestre em geografia física e concluiu o doutorado em Oceanografia (Oceanografia Biológica) pela Universidade de São Paulo em 2000. Foi do conselho universitário, de pós graduação e do Instituto de Estudos Avançados da USP. Também foi professor da Universidade São Francisco, Universidade São Camilo e da Universidade Federal de Sergipe. Atualmente é Pesquisador nível 6 e professor credenciado no programa de pós graduação em Aquicultura e Pesca no Instituto de Pesca. É professor colaborador do programa de pós graduação em biodiversidade aquática da UNESP-S. Vicente. Participou das expedições Antárticas nos verões de 96/97 e 97/98 do PROANTAR. Participou também das sessões do LEAD Internacional em Cuba e Moscou e de 4 missões patrocinadas pela Agência Internacional de Energia Atômica-ONU, como especialista em ecotoxicologia no Uruguai, Costa Rica, Guatemala, Panamá e Brasil. Publicou 124 artigos em periódicos especializados, 120 trabalhos em anais de eventos e 180 artigos de divulgação científica. Possui 5 livros publicados e 8 capítulos de livros. Possui 61 itens de produção técnica. Participou de 27 eventos no exterior e 26 no Brasil. Supervisionou 2 pós-doc, Orientou 17 metrados e 8 trabalhos de iniciação científica e 5 trabalhos de conclusão de curso na área de Ecologia. Recebeu 4 prêmio e/ou homenagem. Já coordenou 12 projetos de pesquisa. Atua na área de Oceanografia, com ênfase em Interação entre os Organismos Marinhos e os Parâmetros Ambientais. Em suas atividades profissionais interagiu com 145 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos. Participa como membro do conselho e revisor de vários periódicos nacionais e internacionais. Em 2015 em 2016 (novamente) foi premiado como melhor profissional do ano no Brasil, pela BRASLIDER pela atuação científica na área sócio ambiental. Em seu currículo Lattes os termos mais freqüentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: Aves marinhas, ecologia, Ave de praia, ave, poluição, toxicidade, Antártida, oceanografia, peixe e aves.

José Octavio de Azevedo Aragon:  Parceiro da Pugliese e Gomes Advocacia. Natural de Porto Alegre – RS, engenheiro agrônomo formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, mestre em engenharia pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC e pós-graduado em Engenharia de Avaliações e Perícias também pela UFSC. Presidente do Instituto Catarinense de Engenharia de Avaliações e Perícias – IBAPE/SC e inspetor do CREA/SC. Atua como engenheiro avaliador para bancos e empresas do setor elétrico, consultor em demarcação de terras de marinha, perito e assistente técnico nas áreas de agronomia e ambiental na justiça federal e estadual de SC e RS.

 

 

Ivanir Hardat: Emissão de Pareceres Técnicos de Avaliações Mercadológicas e Laudos Periciais, em ações de:· Avaliações de Patrimônio LEI Nº 11.441 de 04/01/2007, geralmente em partilha de bens e separação de casais;· Avaliações de Bens para Penhora LEI Nº 11.382 Vigência 22/01/2007; · Pareceres técnicos de imóveis para revisão municipal de Impostos ( IPTU, ITBI, ITD );· Avaliações para Incorporadoras na aquisição de terrenos e glebas;· Avaliações Particulares na Compra e venda de imóveis;· Avaliações para Consórcios Imobiliários;· Avaliações de imóveis para Bancos e Factorings;· Revisão para desapropriação por órgãos municipais – estaduais – federais;· Cisão ou Fusão de empresas;· Em casos de Hipotecas e Seguros.

 

Paulo Gazeta: Oceanógrafo, especialista em gestão universitária e mestre em saúde pública na área de epidemiologia. Atua com gestão costeira desde 1985 nos três níveis do executivo, terceiro setor e iniciativa privada.
Foi consultor da SEMAM-PR / PNUMA na avaliação ambiental, política e institucional do Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro para a Rio 92 e para a avaliação dos ganhos legais e institucionais do Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro entre 1992 e 2011 na Rio +20, bem como para o SEBRAE SP no desenvolvimento e implantação do Programa de Gestão Ambiental para micros e pequenas empresas dentre outras atividades para instituições nacionais e internacionais e participou do processo de implantação e gestão de unidades de conservação marinha.
É professor de cursos de graduação e pós-graduação MBA nas áreas de meio ambiente e gestão ambiental e atua na iniciativa privada na área de controle de erosão costeira e restauração de praias, qualidade das águas, pesca e atividades extrativistas, bem como turismo náutico.
Tem como objetivo maior contribuir para que o uso do ambiente se dê de forma efetivamente sustentável, a partir da repartição equânime dos recursos principalmente para as populações tradicionais e extrativistas menos favorecidas e mais prejudicadas pela sociedade.